Motomami

Motomami
Álbum de estúdio de Rosalía
Lançamento 18 de março de 2022 (2022-03-18)
Gravação Janeiro de 2019–15 de Abril de 2021
Estúdio(s) Electric Lady (Nova Iorque)
Gênero(s)
Idioma(s) espanhol
Formato(s)
  • CD
  • disco de vinil
  • Download digital
  • streaming
Gravadora(s) Columbia Records
Cronologia de Rosalía
El mal querer
(2018)
Singles de Motomami
  1. "La Fama"
    Lançamento: 11 de novembro de 2021
  2. "Saoko"
    Lançamento: 4 de fevereiro de 2022
  3. "Chicken Teriyaki"
    Lançamento: 24 de fevereiro de 2022
  4. "Hentai"
    Lançamento: 16 de março de 2022
  5. "Candy"
    Lançamento: 18 de março de 2022
  6. "Delirio de Grandeza"
    Lançamento: 11 de maio de 2022

Motomami (estilizado em letras maiúsculas) é o terceiro álbum de estúdio da cantora e compositora espanhola Rosalía, lançado em 18 de março de 2022 pela Columbia Records.[3] Rosalía recrutou os produtores Noah Goldstein, Michael Uzowuru, Dylan Wiggins, Pharrell Williams e o seu colega de longa data El Guincho para criar um álbum conceitual sobre seus sentimentos durante os últimos três anos na forma de suas influências musicais como cantora, especialmente envolvendo a música latina. Dividido em duas partes, o álbum inclui participações especiais de The Weeknd e Tokischa e é apresentado como o "álbum mais pessoal e confessional de Rosalía até agora".[3][4]

O álbum teve seis singles, "La Fama" foi lançado em 11 de novembro de 2021 como o primeiro single do álbum, alcançando sucesso tanto da crítica quanto comercial. A canção alcançou o segundo lugar na parada US Hot Latin Songs e alcançou o top 10 na França, El Salvador, Espanha e Panamá. "Saoko" e "Chicken Teriyaki" foram lançados como o segundo e terceiro singles, respectivamente. Outras iniciativas promocionais foram uma estação de rádio no Grand Theft Auto Online e uma perfomance no Saturday Night Live, tornando-se o primeiro ato solo espanhol a ser convidado para o show.

Após seu lançamento, Motomami recebeu aclamação universal dos críticos de música, muitos elogiaram a experimentação de sons e versatilidade de gêneros. O álbum foi o mais bem avaliado e discutido do ano no agregador Metacritic.[5] Entrou em 22 paradas em dezenove países e alcançou o top 10 em sete.

Título

O título do álbum é confeccionado como um binômio não aceito. Rosalía afirmou que escolheu nomear seu álbum assim porque "está estruturado em binários, dois tipos de energia contrastante". Ela também explicou que o álbum será "separado em duas partes". Moto é a parte mais divina, experimental, friccional e forte do álbum enquanto Mami é a parte mais real, mais pessoal, confessional e vulnerável. Rosalía também afirmou que "o feminismo está implícito na intenção. Está muito presente em algumas músicas, e talvez nem tanto em outras, porque no final, é toda a jornada emocional dos altos e baixos que um artista pode fazer. Há muito do dia a dia[6] de Rosalía e espera que Motomami "forneça um contrapeso feminista à misoginia na música".[7] Em 2020, Pharrell Williams falou ao podcast Othertone que estava "deslumbrado com o título" e com "o quão bem Rosalía se conhece", e expressou que está "honrado por fazer parte disso".[8]

O título também faz referência à empresa que sua mãe Pilar Tobella dirige, a Motomami SL, que administra atividades em torno da representação artística.[9]

Composição

Falando com Diego Ortiz para a Rolling Stone, Rosalía descreveu seu próximo álbum como "corajoso" e revelou que a maior influência do álbum tem sido o gênero musical reggaeton.[10] Ela também revelou que seria o "álbum mais pessoal e confessional que eu fiz até agora", girando em torno de temas líricos de metamorfose, sexualidade, desgosto, celebração, espiritualidade, autoestima e isolamento.[6] Este será o primeiro álbum de Rosalía que conta uma história pessoal, já que Los Ángeles é um disco cover de músicas de domínio público e El Mal Querer segue o enredo de Romance de Flamenca. Durante todo o processo de composição, Rosalía se inspirou em Héctor Lavoe, Nina Simone, Patti Smith, Bach, Michéle Lamy, Pedro Almodóvar e Andrei Tarkovsky, entre outros.[11] Sobre os gêneros cantados durante o álbum, Ortiz afirmou que "aqui há espaço para tudo. Cada elemento foi costurado à mão para formar um esqueleto do que a música moderna deve ser: arte e sabor, dembow, champeta, flamenco, bachata, hip- hop, melodias de piano, etc."[6]

Ortiz comparou "o grau de experimentação lírica, rítmica e sonora" com Ill Communication dos Beastie Boys ou Play de Moby, e encontrou semelhanças com Pure Heroine de Lorde e The Downward Spiral de Nine Inch Nails.[6]

Lista de faixas

Adaptado da Apple Music[12] e da SMF Store.[13]

Motomami – Edição padrão
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Saoko"  
  • Rosalía Vila
  • David Rodríguez
  • Dylan Wiggins
  • Juan Orengo
  • Juan Morera
  • Justin Quiles
  • Michael Uzowuru
  • Noah Goldstein
  • Urbani Cedeño
  • Rosalía
  • Noah Goldstein
  • Sir Dylan
  • Michael Uzowuru
2:17
2. "Candy"  R. VilaAdam FeeneyRodríguezFred Jerkins IIIKaan GüneşberkLaShawn DanielsRodney JerkinsWilliam BevanWilliam Ray Norwood, Jr.Rosalía; El Guincho; Tainy; Frank Dukes; Goldstein; Uzowuru 3:13
3. "La Fama" (part. The Weeknd)
3:13
4. "Bulerías"  R. Vila; Rodríguez; Dylan Wiggins; José Miguel Vizcaya Sánchez; GoldsteinRosalía; Goldstein; Wiggins 2:35
5. "Chicken Teriyaki"  R. Vila; Kamaal Ibn John Fareed; Ramírez; Díaz-Reixa; Rodríguez; UzowuruRosalía; El Guincho; Rompiendo; Uzowuru; Goldstein 2:02
6. "Hentai"  R. Vila; Pharrell Williams; Chad Hugo; Jacob Sherman; Larry Gold; Uzowuru; Rodríguez; WigginsThe Neptunes; Rosalía; Uzowuru; Goldstein; Wiggins 2:42
7. "Bizcochito"  R. Vila; Rodríguez; UzowuruRosalía;Uzowuru; Rodríguez 1:49
8. "G3 N15"  R. Vila; Cory Henry; Goldstein; Rodríguez; WigginsRosalía; Goldstein; Wiggins; Uzowuru 4:12
9. "Motomami"  R. Vila; Williams; Rodríguez; UzowuruRosalía; The Neptunes; Uzowuru 1:01
10. "Diablo"  R. Vila; Feeney; Blake; Díaz-Reixa; Rodríguez; Goldstein; Uzowuru; Nick LeónRosalía; Frank Dukes; Goldstein; El Guincho; Nick León; Rodríguez 2:45
11. "Delirios de Grandeza"  R. Vila; Rodríguez; UzowuruRosalía; Uzowuru 2:35
12. "Cuuuuuuuute"  R. Vila; Goldstein; Rodríguez; Wiggins; So Y TietRosalía; Tayhana; Goldstein; Wiggins 2:30
13. "Como un G"  R.Vila; Feeney; Blake; Díaz-Reixa; Rodríguez; GoldsteinRosalía; Dukes; Goldstein; Wiggins; Blake 4:22
14. "Abcdefg"  R. VilaRosalía 1:05
15. "La Combi Versace" (part. Tokischa)R. Vila; Alejandro Ramírez Suárez; Rodríguez; Masís; Uzowuru; Díaz-Reixa; Williams; Teo HalmRosalía; Williams; Uzowuru; Goldstein; El Guincho; Sky Rompiendo; Tainy; Halm 2:40
16. "Sakura"  R. Vila; Goldstein; RodríguezRosalía; Goldstein; Rodríguez 3:21
Duração total:
42:17
Notas

Turnê

Ver artigo principal: Motomami World Tour

Histórico de lançamento

Região Data Formato(s) Gravadora
Mundo 18 de março de 2022
Columbia Records
Estados Unidos 12 de julho de 2022 Disco de vinil

Referências

  1. «Rosalía breaks down borders with eccentric third album, MOTOMAMI». Sniffers]. 18 de março de 2022. Consultado em 18 de março de 2022 
  2. «ALBUM REVIEW: Rosalía shows a dualistic nature on 'MOTOMAMI'». Riff Magazine. 18 de março de 2022. Consultado em 18 de março de 2022 
  3. a b c «Rosalía revela estreia de Motomami e lança o single SAOKO». LatinPop Brasil. 5 de fevereiro de 2022. Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  4. «Rosalía anuncia el lanzamiento de 'Motomami', su tercer álbum». okdiario.com (em espanhol). 3 de novembro de 2021. Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  5. «Motomai Review». Pitchfork 
  6. a b c d Ortiz, Diego (17 de novembro de 2021). «The Reinvention of Rosalía». Rolling Stone Australia (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  7. «Rosalía Says She Hopes Her New Album Provides a Feminist 'Counterbalance' to Misogyny in Music». www.yahoo.com (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  8. «Pharrell discusses Rosalía's new album, says he's "honoured to be a part of it"». The Line of Best Fit (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  9. «El gran negocio con el que se forra Rosalía (más allá de la música)». El HuffPost (em espanhol). 7 de maio de 2021. Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  10. «Rosalía reveals new details about her long-awaited album 'Motomami'». Market Research Telecast (em inglês). 18 de novembro de 2021. Consultado em 8 de fevereiro de 2022 
  11. Cervantes, Xavier (17 de novembro de 2021). «Rosalia: "Crec que 'Motomami' és el disc més personal o confessional que he fet"». Ara.cat (em catalão). Consultado em 8 de fevereiro de 2022 
  12. MOTOMAMI by ROSALÍA (em inglês), 18 de março de 2022, consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  13. «MOTOMAMI VINILO + STENSIL (plantilla) EDICIÓN LIMITADA ROSALÍA». SMF Store (em espanhol). Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  • Portal da música
Controle de autoridade